01

Posições diferentes, sexo gostoso

Vamos abordar o nível avançado ou aquele de posições diferentes, que mostram experiências que você nunca imaginou fazer.

“A cruz” pode ser uma posição agradável e ela expõe o clitóris fazendo com que ambos o explorem. Devido ao ângulo pouco comum é aconselhável o uso de lubrificante. Ele fica deitado de lado em frente à mulher, enquanto ela deita de barriga pra cima com a perna direita em cima dele e a perna esquerda por entre as pernas dele. Há uma penetração boa e profunda e a vagina fica exposta a ele, a perna dele roça no clitóris e há uma liberdade para estimular os seios.

Outra posição é a “corrente”.  A mulher deita-se de costas com as pernas bem abertas e o homem de frente para os pés deita-se por cima dela, deixando as pernas paralelas aos ombros dela. A mulher pode apoiar as pernas nas costas do homem e também pode puxar os quadris dele para aprofundar a penetração.

Se você se sentir inteiramente confiante tente o “moinho”. A mulher deve começar em cima do homem, e quando estiver bastante lubrificada deve dar ¼ de volta com o pênis ainda dentro de si.  Se ela continuar a girar, vai estimular todo o seu corpo e ambos poderão experimentar sensações maravilhosas. O moinho também pode ser efetuado com o homem por cima, comece com a posição de missionário (ele por cima de você) enquanto ele vai girando com a ajuda das mãos como se fosse fazer flexões- o que é ótimo para estimulação do ponto G.

Para pessoas hábeis e com bom equilíbrio, a “Grua” pode ser divertida. Fique de pé em frente ao seu parceiro.  O homem deve estar com as pernas afastadas enquanto a mulher apóia a perna no pescoço dele e levanta-se até seu ombro. Quando o homem a penetra, a mulher deve levantar a perna o mais alto possível quando ele investir verticalmente.

Uma posição altamente exigente é a “estrela de três pontas”. A mulher deita de barriga pra cima com a perna esquerda levantada e a direita afastada para o lado, segurando o joelho direito.

Para variar, a mulher senta-se em cima do homem com as pernas em cima do ombro dele, enquanto ele está sentado com as pernas estiradas. Isto acrescenta uma excitação extra, estimulando o ponto G e a zona A.


Para a “elevação” comecem na posição lado a lado, a mulher encolhe-se chegando aos tornozelos do parceiro.  Como os dedos possuem pontos erógenos, pressione-lhes enquanto fazem amor.

Uma variante interessante da posição de cavaleiro é quando o homem junta a planta dos pés. A mulher senta-se por cima dele e ele pode usar os pés para empurrá-la de encontro ao pênis.

O carro de mão proporciona sensações a ambos, mas fiquem atentos porque o sangue vai subir pra cabeça da mulher. Podem também tentar o carro de mão invertido: a mulher passa as pernas em volta da cintura do homem que deve estar em pé, enquanto ela vai pra trás até tocar as mãos no chão.

Se você é daquelas que gostam do sangue subindo à cabeça e é muito flexível, tente “o caranguejo”. O parceiro ajoelha-se por entre suas coxas, segura seu quadril e penetra, mas você estará com o quadril elevado, fazendo com que ambos sintam sensações diferenciadas.

Para variar o ângulo e atingir o ponto G, a mulher deita-se de lado em forma de L, o homem deita-se de lado voltado para os pés dela e penetra. Ela pode colocar os pés nos ombros dele para ajudar na penetração que é bastante profunda.

Para algo completamente diferente experimente posições em que não consigam se ver. Comecem na posição cavaleiro e depois a mulher deita-se pra trás. Tentem não se olharem e nem se tocarem focando a atenção nos genitais.

Para a posição de cavaleiro que altera o ângulo do pênis tentem a posição “salto à retaguarda”. Ela estimula o ponto G, mas o homem precisa ter uma coluna forte. Ele deita e eleva o quadril dobrando os joelhos e a mulher senta em cima de costas pra ele como se estivesse sentando numa cadeira.

Todas as posições podem ser feitas em vários locais. Uma das formas de variar é o sexo na escada, onde a mulher se senta e o homem ajoelha-se dois degraus abaixo e a penetra.

DICAS:
- Experimentem novos locais, não se deve confinar o sexo somente ao quarto.
- Variem o ângulo da penetração.
- Comuniquem-se e não levem o sexo tão a sério.


Não esqueçam, usem camisinha!


3 comentários:

últimas matérias